"A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade" (Carlos Drummond de Andrade)

Slides e Links de Todas as Postagens

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Desejo de medo...



   A cada instante que passa ela fica mais perdida, louca, desesperada, as sensações que ele provoca nela tiram-lhe o chão, a segurança e o medo invadem-lhe com sua força definitiva que irremediavelmente a faz sentir-se dependente dele, da vontade dele, do que ele queira impingir-lhe...  
   Ele a encontrara e depois de beijar-lhe, falar-lhe de seu amor, vendou-a, ela perdeu a noção de por quanto tempo rodou atrás dele na moto, olhos impedidos de ver, cabeça coberta por um capacete, ela não tem a menor noção de onde esteja e seu corpo muito bem atado, debruçado sobre o que ela não sabe é exposto ao que?


   Ele lhe diz tantas coisas, ela sente topo tipo de sensação, temperaturas, texturas, seu corpo é tocado por coisas que ela não sabe o que é...   As vezes o açoite lhe cobre a carne e ela tem vontade de gritar alto, dizer coisas, mas como não dissera antes, agora não pode, não ainda, não enquanto experimenta a dor e o medo, agora só lhe resta ouvir, sentir, temer e apesar de todas as sensações adversas ela goza e goza... 


   O cheiro de seu homem entra nela, está nela, perturbando-a ainda mais, a voz sussurrada em seus ouvidos tira dela qualquer possibilidade de controle que ela ainda pudesse ter, de sua boca corre a baba que brota entre os lábios e a bolinha que a impede de responder a todas as perguntas inquisidoras de seu Dono, que propositalmente responde por ela fazendo-a culpada sempre, merecedora de mais punições...   Acusa-a do que ele sabe que ela não fez, apenas por saber que ela detesta, quer tê-la irritada, humilhada...  


   Mais punições, açoite, medo...   O que seriam aquelas coisas sobre ela?   Alguns tipos de bichos diferentes?   As texturas variam, viscosa, mole, rígida, áspera, pegajosa...   Ela se rende e ele vê formar em suas mãos o sinal combinado da rendição, ele retira a mordaça e ainda a faz implorar, tira tudo o que ele quer dela... 


  Ele a tem, toda, inteira, até o mais íntimo de sua mente, de seu corpo, de seus sentimentos, desejos e pensamentos, neste momento ela é mais sua do que jamais fora, do que qualquer coisa ou pessoa que ele já tivera...    Ele a olha num misto de prazer sádico, amor e desejo...   Ele a desvenda e ela lê todos estes sentimentos em seus olhos e então ela pede para ser tomada...


   Ela se oferece, implora, demonstra...   Quando finalmente ele a invade com seu membro, sua virilidade, tomando posse absoluta do que a ele pertence ela desperta meio torpe em pleno orgasmo... 


   Neste momento ela não sabe o que está sentindo direito, se decepção por ter sido um sonho, satisfação pelo orgasmo real, reconhecimento da saudade que logo será aplacada....   Tudo se mistura e seu coração bate forte, descompassado, sua respiração ofegante no escuro do quarto...



Dorei Fobofílica.

11 comentários:

Sophysticada disse...

Dorei, vc expressa muito bem o desejo Bdsm , amuuuu

Sou sua fã já sabe, neh?
kkkk

Bjk@s

Deh... disse...

LindOooooo demais.... delicioso demais.....

Como adoro ler vc...

Esta maravilhoso minha amiga

Bjsss gostosos em ti

Mulher Intensa disse...

Nossa que delicia, adorei a maneira que colocou cada detalhe, especialmente excitante, parabéns!
Estou te seguindo.

Beijos Intensos

Domme Amanda® disse...

Oi Dorei
Saudade de vc e de ler seus maravilhosos textos! Enfim, cá estou eu outra vez.
Amada, tem selinho pra vc lá no meu cantinho. Saudades viu?
Beijokas
Domme Amanda®

Sex a 2 disse...

É o desejo de todas nós.
bj


http://mostraisso.blogspot.com

Ladraodecoração disse...

bom

O Sussurrar do Corpo disse...

um sussurro...

Sophysticada disse...

Dorei esta ainda mais lindo seu blog!

Bjk@s

brendson disse...

Adorei, Historia linda!! to afim de alguém pra compartilhar, rafael14777@hotmail.com

Gino Sanches disse...

Achei perfeito, de fato tens o dom da submissão.
Assim sendo, quero que VOCÊ vá agora visualizar meu Blog, afinal encontrarás motivo suficiente para deliciar-se.
http://coisasdepensamentos.blogspot.com.br/

Lua disse...

Parabéns pelo blog, sua submissão é incontestável...